Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Academias ao ar livre necessitam de manutenção

Academias ao ar livre necessitam de manutenção

por Marcos — publicado 21/02/2017 12h50, última modificação 21/02/2017 12h50
Vereadores também reivindicaram melhorias em sinalizações e serviços públicos
Academias ao ar livre necessitam de manutenção

Após aprovação da Câmara, indicações foram encaminhadas à Prefeitura e à Secretaria Municipal de Serviços Públicos (Thiago Odeque)

Os aparelhos das academias ao ar livre, instalados em todas as praças públicas de Nova Andradina, necessitam de manutenção. É que apontou a vereadora Joana Darc (PR) em indicação conjunta com os vereadores Airton Castro (PDT) e Deildo Piscineiro (PSDB). A proposta foi aprovada por unanimidade e encaminhada para providências da Prefeitura.

“A presente solicitação se faz necessária tendo em vista que vários aparelhos estão danificados, em todas as praças. Visando dar segurança, comodidade e conforto a todos que frequentam as academias, solicitamos empenho do poder Executivo para atender os anseios daqueles que ali praticam seus exercícios”, ressaltaram os vereadores.

Em outra indicação, a parlamentar, juntamente com o vereador Ricardo Lima (DEM), solicitou à Prefeitura de Nova Andradina, por meio da Secretaria Municipal de Serviços Públicos (Semusp), a instalação de placa de sinalização à Creche Shalon, na Rua André Loyer, esquina com a Rua São Jorge, na Vila Santo Antônio, assim como a instalação de uma ondulação transversal à via na localidade.

“Essa indicação tem o cunho de proporcionar maior segurança e, consequentemente, tranquilidade aos pais das crianças que frequentam a creche. Devido ao grande fluxo de veículos, tornam-se maiores os riscos aos pedestres, sendo imprescindível a instalação de placas de sinalização e indicação, bem como da ondulação transversal à via”, argumentaram.

Já em parceria com os vereadores Amarelinho (PMDB) e Robertinho Pereira (PMDB), Joana Darc pediu o empenho da Prefeitura para que sejam instaladas “bocas de lobo” na Rua André Loyer, entres as ruas São Jorge e a São João, também na Vila Santo Antônio. “O atendimento desta indicação se justifica pelo cuidado com a saúde pública, uma vez que o acúmulo de água pode gerar contaminação”, concluíram.

    

Mídias Sociais